4 de julho de 2014

Do interior para São Paulo (Vlog)


     Para quem não sabe, eu moro no interior do Estado de São Paulo, e esse mês, como já disse na ultima publicação, surgiu uma grande oportunidade de ir ao show da cantora italiana Fiorella Mannoia. Eu fiquei doida quando soube, e quando vi o valor do ingresso, decidi que precisava ir! pois estava super acessível, e era o show da Fiorella né? que é dona de uma voz incrível (saiba mais na última publicação do blog). 
    Eu nem estava podendo gastar, pois ando juntando dinheiro para realizar um sonho, mas me permiti gastar um pouquinho com ônibus, taxi, hospedagem e etc, e fui para a capital em meio à greve dos metroviários e previsão de chuvas. Tudo o que não podia acontecer, estava prestes a acontecer bem no dia que eu estava indo à Sampa.
     Da minha cidade até a capital dá umas cinco horas de viagem (de ônibus) e tem mais ou menos uns quatrocentos e poucos quilômetros de distância. Saí daqui às 10 da manhã e cheguei na rodoviária do Tietê somente às 16h (atrasou um pouco). Chegando lá perguntei para um guardinha se o metrô estava funcionando naquela estação, mas infelizmente não estava e essa greve não ia terminar tão cedo. Logo em seguida me deparei com uma fila imensa para pegar táxi, e quando chegou a minha vez, lá fui eu em direção à Vila Mariana, onde reservei um hostel.  Fui para esse bairro porque o show era no auditório do Ibirapuera, e fiquei no Hostel da Vila, que fica bem próximo ao parque e auditório do Ibirapuera.  Fui no dia 06 de Junho, e nesse mesmo dia estava acontecendo um jogo amistoso da seleção brasileira no Morumbi, e além disso era  a hora do Rush, e para quem ta acostumada com um trânsito mais light por aqui no interior, fica doida com o transito infernal de São Paulo, ainda mais nessa situação toda.
      O Hostel da Vila fica localizado na Rua França Pinto nº 978 no bairro Vila Mariana. É um bairro super gostoso de passear, e o hostel tem um ambiente muito agradável. Foi a primeira vez que fiquei em um hostel na minha vida, e tive uma experiência muito boa. O local é simples, mas com tudo o que uma pessoa viajante/mochileira, que busca um local para dormir, precisa. Gostei muito do atendimento. Os donos de lá são super atenciosos, e uma coisa que gostei muito foi de ser um local limpo e a roupa de cama estava cheirosa, o que me fez sentir em casa.
     Eu cheguei lá, conheci uma das companheiras de quarto, me arrumei para ir ao show e peguei um taxi para o auditório. No meio do caminho o taxi se perdeu, tivemos que dar uma volta, e eu tive que pagar um pouco mais, fazer o que né? Ele não era daquela região e não sabia chegar lá e o GPS indicava outro lugar. Então eu dei a sugestão de ele seguir pelo Google, pois eu já tinha visto o caminho e vi que era perto, e acabou dando certo. Ele me deixou no portão 2 do parque, e eu segui a pé até o auditório para encontrar uns amigos Pausinianos (fãs da Laura Pausini). De lá fomos comer alguma coisa em um restaurante dentro do parque e seguimos para o auditório para esperar o inicio do show.
        Como já escrevi, o show foi maravilhoso e vocês podem conferir em vídeos no meu canal do Youtube
     Cheguei no hostel mais ou menos meia noite e meia, e conheci mais uma companheira de quarto. Ficamos em 3 no quarto.
     Eu estava tão eufórica com o show, e feliz de ter ido e ter conhecido pessoas novas, que demorei um tempão para dormir. No outro dia, acordei cedo e fui à uma feira no final da rua. Eu nunca fui em uma feira tão organizada e tão bonita. Lá eu comi um pastel muito bom!
     Como eu achei lá tudo bonitnho, resolvi voltar para o hostel e pegar a minha câmera e celular pra voltar e filmar para mostrar pra vocês. Quando eu estava voltando descobri uma rua, que na verdade eu achei que fosse uma vila, mas que ela é chamada de Vilinha. Uma moradora dessa rua disse que esse lugar é usado para campanhas publicitárias e até a Nissan já gravou um comercial lá.
     Na hora de ir embora peguei um taxi para ir até o Brás, onde o meu ônibus de partida sairia. Como tava meio tudo parado por lá e ainda tinha marcha para Jesus, o taxista foi super bonzinho comigo e me comunicou que eu gastaria em torno de 50 reais para chegar até lá, e que a estação de metrô Paraíso, que se localizava ali por perto, estava funcionando. Aliás, todas as estações que faziam conexões estavam funcionando naquele dia. Então ele sugeriu de me deixar lá e até me explicou onde eu desceria e qual a linha eu pegava para chegar até o Brás...gente boa demais né? e foi assim que fiz. Deu tempo de tudo e deu tudo certo. Economizei uma graninha.
    Sobre o vlog aqui embaixo, eu ainda estou me acostumando com essa novidade, e gostaria de ter feito algo melhor, mas aqui tem algumas imagens do hostel, da feira, da vilinha, e etc. Espero que gostem e se gostarem, deixem comentários, clique em "Gostei" no youtube. Eu preciso saber o que vocês estão achando.


     Tem alguma sugestão para o blog ou para videos no Youtube?? escreva aqui nos comentários.


     Beijooooss,
     Natália
Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Obrigada pelo seu comentário! ;)