2 de maio de 2015

Os livros de colorir para adultos que viraram febre


                E quem disse que só as crianças podem colorir?
                É verdade que esse é um hábito mais comum na infância, mas tem muito adulto por aí que sempre gostou de desenhar e pintar, e simplesmente pararam porque cresceram.
                Eu por exemplo sou uma dessas que parou por um tempo. Por isso, decidi esse ano entrar em uma aula de desenho para aprender as técnicas e poder aflorar mais essa vontade de fazer arte.
         Qualquer tipo de arte, seja música, pintura, artesanato e etc, nos deixa mais leves, desestressados e mais abertos para a criatividade. Essa criatividade é boa para todos os aspectos da vida, seja pessoal, ou profissional, mesmo se você tem um trabalho não-artístico.
               No mundo de hoje, em que pessoas estão procurando mais qualidade de vida em meio a tanta loucura e correria, os livros de colorir estão se tornando uma boa pedida, já que é um passatempo delicioso de fazer e ajuda nesse "desestressar" do dia-a-dia.

                 Eses livros são constituídos de desenhos em preto e branco feitos para colorir. O primeiro que tomei conhecimento que existia, foi o "Jardim Secreto" da Johanna Basford, uma ilustradora escocesa. O livro foi feito para todas as idades e está ganhando vários fãs adultos, incluindo eu e minha irmã. Já vendeu mais de 1 milhão de cópias no mundo todo. Está mais que recomendado, pois as ilustrações são realmente lindas! Além desse, a autora criou também "Floresta Encantada".

Detalhe para o papel, e como o livro interage.
               Por ser um livro de colorir e um caça ao tesouro antiestresse, ele é bem interativo. Tem bichinhos escondidos em cada desenho e estimula a criatividade, deixando o artista que há em cada um de nós desenhar e criar elementos novos para a página. Há quem prefira usar lápis de cor, e quem ousa em utilizar outros materiais artísticos como tintas PVA, aquarela, canetinhas e etc, mesmo não sendo recomendável, para não marcar o verso da folha, onde tem outro desenho.

               Com essa febre de livros de colorir, é possível encontrar outros livros de autores diferentes, como "Jardim encantado", "Mandalas mágicas", "Fantasia Celta", "Floresta Mágica" entre outros.
              Você deve estar se perguntando como esses livros viraram febre, não é mesmo? Nem eu sei explicar esse fenômeno. Talvez seja pelas ilustrações não serem tão infantis, ou por ter escrito na capa a palavra "antiestresse", o que pode ter causado um maior interesse na população em geral.
               Na sua opinião, porque os livros de colorir viraram febre?




             Se você gostou da dica, clique AQUI e veja os livros disponíveis no mercado, e AQUI para ver os lápis de cor, e mãos à obra! Efetuando uma compra com esses links, você ajuda a blogueira aqui!



Reações:

2 comentários:

Obrigada pelo seu comentário! ;)